• Finis Terrae Viagens

Aventura na sua medida

Atualizado: Mai 14

Aventura é geralmente associada ao ato de explorar, de sair de casa, da rotina, rumo ao não rotineiro, ao inusitado, ao desconhecido.


Pode ser uma aventura até a esquina de sua casa, até os confins da Terra ou a qualquer lugar que se encontra entre estes dois extremos. O que importa na aventura é a sua disposição para empreendê-la. Neste contexto, toda viagem é uma aventura, porque mesmo que seja para um local que você já visitou diversas vezes, sempre há algo de novo, sempre há o espírito da conquista, sempre se viaja para encontrar outra coisa, sejam paisagens, pessoas, satisfação, conhecimento.


Muitos associam aventura a grandes expedições, empreendidas por heróis destemidos, que tem o objetivo de desbravar locais inóspitos ou muito distantes. Ulisses, Marco Polo, Américo Vespucio, Gulliver, Joana D'Arc, Tintin, Macunaíma, Rondon, Hillary ou o Capitão Kirk, entre tantos outros, povoam a história e a ficção com aventuras reais ou imaginárias que todos conhecemos.


Mas a aventura é mais um estado de espírito do que o arrojo de intrépidos heróis em busca do desconhecido. Sair de casa, viajar, dedicar algum tempo para visitar outro lugar significa se dar a oportunidade de entrar em sintonia com outras realidades, de se deixar levar pela descoberta, pelo tempo livre para a diversão, o conhecimento o enlevo, envolver-se com outro ambiente.


Caminhar sem rumo por ruas de uma cidade que não seja a nossa, entrar em um café, conversar com um desconhecido, visitar um museu, sentar em uma praça e apreciar o vento, podem ser aventuras tão intensas como escalar uma montanha ou cruzar o oceano em um veleiro. Toda aventura tem a medida das nossas sensações. O mais interessante é que essa medida se estica, se alarga, se acomoda, se molda a cada um de nós, e se amplia à medida que ampliamos os nosso horizontes.




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo